SOMOS COOPERATIVISMO
ACESSO
Esqueci a senha

OCB/ES

NOTÍCIAS
Cooperativismo alcança mais de 15,5 milhões de cooperados no Brasil
Data: 13/01/2021




Um dos indicadores mais importantes para o cooperativismo, os cooperados são peça fundamental para o movimento. São eles que motivam a existência e o trabalho diário de nossas cooperativas. Atualmente, o cooperativismo brasileiro conta com 5.314 cooperativas e 15,5 milhões de pessoas cooperando para um mundo melhor. Esses e outros dados estão disponíveis no Anuário do Cooperativismo Brasileiro 2020, desenvolvido pelo Sistema OCB.


Apesar da crise e dos desafios impostos pela pandemia da Covid-19, o presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, ressalta que o movimento cooperativista continua crescendo e se destacando como um agente importante na economia nacional. “E é assim que nós queremos ver o nosso modelo de negócios, se posicionando como um setor cada vez mais eficiente e competitivo. Com lideranças inovadoras e uma gestão profissionalizada e disruptiva, trocando o tradicional pela coragem de fazer diferente e a ousadia em buscar o novo. Somos um sistema que trabalha diariamente pelo desenvolvimento sustentável de todo o cooperativismo brasileiro, e assim continuaremos”, afirma o dirigente.


Número de Empregados


Em 2019, a população ocupada do Brasil cresceu 2,5% quando comparada ao ano imediatamente anterior. Tal percentual retrata o maior avanço obtido para o indicador desde 2013. O cooperativismo segue essa mesma trajetória de crescimento gerando 427.576 empregos.


Desempenho do cooperativismo brasileiro


O balanço divulgado no Anuário do Cooperativismo Brasileiro 2020 aponta o faturamento de R$ 308,8 bilhões. A eficiência econômica das cooperativas brasileiras também se evidencia através das sobras apuradas, atingindo o valor de R$ 14,8 bilhões. Em patrimônio líquido, as cooperativas alcançaram R$ 126,4 bilhões, enquanto que no ativo total o valor registrado foi de R$ 494,3 bilhões.


Acesse o relatório completo e confira outras informações e indicadores por ramos e estados.



FONTE: Sescoop/RS