Cooperativas Capixabas aparecem mais uma vez no ranking Maiores e Melhores, pela revista Exame


Data: 31/08/2017

Por mais um ano consecutivo a revista Exame divulgou o ranking “Melhores & Maiores: as 1000 maiores empresas do Brasil” e mais uma vez o Cooperativismo do ES está representado pelas cooperativas: Coopeavi, Selita e Unimed Vitória; além daquelas que atuam no Brasil e no ES como Sicoob Confederação, Unimed Seguros Saúde e Unimed Seguradora.
Confira o resultado que as Cooperativas Capixabas tiveram :

- 1000 maiores - Vendas – ordem por receita líquida
Unimed Vitória – 524ª posição

- 400 maiores – Agronegócio
Coopeavi - 342ª posição
Selita - 362ª posição

- 10 melhores do leite
Selita - 5ª posição

Para o presidente do Sistema OCB/ES, Dr. Pedro Scarpi Melhorim, ver as cooperativas do ES como destaque em todo o Brasil, figurando entre as Maiores e Melhores da revista Exame, é ter a certeza de que o trabalho realizado pelo cooperativismo capixaba está no caminho certo. “Essas conquistas são frutos de gestões estruturadas e transparentes, além de muita dedicação do todos os cooperados que fazem girar a roda do cooperativismo, observando nossos princípios e trabalhando com muito amor e dedicação. Parabéns a todos”, concluiu ele.

O vice-presidente da Coopeavi, Sr. Denílson Potratz, conta que em 2016, a cooperativa obteve resultado de R$ 5,7 milhões. O valor é referente às sobras líquidas do ano passado e, desse total, R$ 1,5 milhão está sendo revertido em 50% na conta capital e outros 50% disponibilizados em crédito aos cooperados nas 20 lojas da cooperativa até o fim deste ano. Segundo ele o ano de 2016 também marcou o melhor resultado dos últimos três anos no Ebtida. Com aumento de 20%, trata-se de um indicador financeiro que representa quanto uma empresa gera de recursos através de suas atividades operacionais, sem contar impostos e outros efeitos financeiros.
 
“Além de planejado, o crescimento da cooperativa é natural. A Coopeavi vem realizando diversos negócios, a exemplo do Condomínio Avícola. Ainda não estamos investindo mais devido à crise econômica, mas temos projetos de expansão a serem retomados assim que a economia melhorar. Temos muito mercado e precisamos estar mais próximo dos produtores”, disse Denilson Potratz.

Já o presidente da Unimed Vitória, Dr. Márcio Almeida afirma que, sem dúvida, ocupar essa posição comprova que estão no caminho certo. “A Unimed Vitória acabou de completar 38 anos e o anúncio é um presente de aniversário. Apesar do cenário político e econômico desafiador, a cooperativa tem mantido o equilíbrio e vem se renovando sempre. Isso fortalece sua posição de líder no mercado. Nosso agradecimento aos cooperados, colaboradores e parceiros que contribuem para essas conquistas”, afirma.   

Sr. Rubens Moreira, presidente da Selita, Cooperativa que conquistou duas colocações diferentes afirmou que a premiação reflete a forma de administrar da Selita, gerindo-a com critério e criatividade. "Os indicadores avaliados são justamente os que refletem essa gestão e são aqueles que sustentam a longevidade da cooperativa. O resultado significa também que nós estamos procurando trabalhar dentro de um conceito de responsabilidade que mostra as boas práticas de gestão e nos motiva a galgar ainda mais espaço no mercado. Podemos não ser a maior, mas nosso objetivo é ser a melhor cooperativa de nosso setor”, disse. 


ENTENDA O RANKING

A edição 2017 de MELHORES E MAIORES, de EXAME, foi feita com a avaliação dos dados de mais de 3.000 empresas, além dos maiores grupos privados do país. O conjunto compreende todas as que publicaram demonstrações contábeis no Diário Oficial dos estados até o dia 15 de maio de 2017. Também estão incluídas as companhias limitadas que enviaram seus resultados para análise de MELHORES E MAIORES e responderam aos questionários. Foram consideradas, ainda, empresas de porte significativo e bem conhecidas no mercado, que não divulgam seus resultados, mas tiveram seu faturamento estimado por nossos analistas.

A publicação priorizou as demonstrações que consideram os efeitos da inflação em seus resultados. Esses efeitos, cuja consideração foi vedada para fins societários e fiscais desde a Lei nº 9.249/95, continuam sendo significativos, a ponto de, em alguns casos, transformar lucros em prejuízos ou vice-versa.

MELHORES E MAIORES tem por objetivo medir o desempenho das empresas individualmente. Por esse motivo, tomamos como base as demonstrações individuais, e não as consolidadas. Porém, com caráter apenas indicativo, a edição também traz os resultados dos 200 maiores grupos empresariais do país e ainda dos 200 maiores grupos empresariais da América Latina.

Para elaborar a lista das 500 maiores empresas e mais uma lista complementar com outras 500 empresas, totalizando 1.000, o critério de classificação utilizado é o das vendas líquidas. Todos os valores publicados estão ajustados — considerando a variação da inflação — para o dia 31 de dezembro de 2016. Essa padronização evita que sejam prejudicadas ou beneficiadas empresas cujo fechamento do balanço ocorre em data anterior ou posterior às da maioria.

Ao lado das receitas de vendas, em reais e em dólares, são fornecidas no ranking das 500 maiores informações como lucro ou prejuízo, patrimônio, crescimento das vendas, rentabilidade, liquidez, endividamento, riqueza gerada e riqueza criada por empregado. Na lista complementar, que só contempla as empresas que disponibilizaram suas demonstrações contábeis, as informações, além das vendas, são as seguintes: crescimento de vendas, sede, setor, valor das exportações e respectivo percentual sobre as vendas, número de empregados e controle acionário. Também é possível identificar mudanças de posição nas listas e a entrada de novas empresas.

As comparações feitas com o desempenho em anos anteriores não são prejudicadas porque foram efetuados ajustes dos valores que eliminam distorções causadas pela inflação ou oscilações do câmbio. A seção Indicadores detalha os critérios de atualização adotados para os itens vendas em reais, em dólares e crescimento das vendas. A mesma seção também explica o critério de Excelência Empresarial, criado para identificar as empresas de melhor desempenho em 20 setores. As 20 melhores nos setores são então submetidas a um julgamento editorial e jornalístico para a escolha da Empresa do Ano.

MELHORES E MAIORES apresenta diversas outras listas de empresas, organizadas por setor da economia, região do país, estado, origem do capital e uma série de comparações de desempenho: maiores por patrimônio, maiores lucros, maiores prejuízos, as que mais cresceram, as que mais encolheram, as mais e as menos rentáveis, as mais e as menos endividadas, as de maior liquidez, as maiores por capital circulante, as maiores empregadoras, as maiores por receitas líquidas, as que entraram no vermelho, as que saíram do vermelho, as que mais pagaram impostos, as que mais investiram no imobilizado, as que mais pagaram salários, as que mais criaram riqueza e as maiores criadoras de riqueza por empregado.




FONTE:



AV: Marechal Mascarenhas de Moraes, 2501, Bento Ferreira
Cep. 29050-667 - Vitória-ES - Telefax: (27) 2125-3200